Mensagem

Caros amigos,

Completaram-se este mês 7 anos de atividade da APBA!

A nossa Associação nasceu fruto da vontade de alguns gestores e empresários, que em 2006   entenderam estar  na altura de potenciarem a atividade de business angel e assim apoiarem o desenvolvimento de um novo tipo de empreendedorismo no nosso país. Depois disso muitas coisas aconteceram , mas podemos dizer de um modo claro que hoje o nosso ecossistema empreendedor está a muitos anosluz daquele que existia em 2007.
Hoje  o angel investment  é uma realidade  , em que os associados da APBA participam ativamente, numa lógica de colaboração dentro deste ecossistema, onde em  simultâneo vimos nascer outras componentes, como sejam veículos de coinvestimento, fundos de capital de risco,  aceleradores de empresas, concursos de business plans, programas de empreendedorismo para estudantes em vários graus de ensino, entre outros.
Num contexto em que o país foi confrontado com as suas debilidades estruturais, os business angels e os vários atores deste ecossistema teimam em  contribuir para uma nova realidade de desenvolvimento económico, ajudando a libertar um potencial de realização que ainda está longe de ser atingido. 
Apesar dos últimos meses terem sido muito difíceis para todos, podemos dizer que a atividade dos nossos associados não abrandou, antes pelo contrário, tem dado sinais de forte vitalidade. Só neste primeiro quadrimestre foram reportados pelos nossos BA’s cerca de 8 investimentos que totalizam mais de 1 milhão de euros!
Sem dúvida que os desafios são grandes.
Refiro só alguns que não vou poder desenvolver   nesta curta mensagem:
    - articulação dos vários atores no ecossistema empreendedor, em particular entre o setor  público e privado  numa otica de complementaridade,
    - apoio à Internacionalização  dos projetos em que os BA’s estão a investir, que realizem segundos ‘rounds’ de investimento,   
    - necessidade de desenvolver  super-business angels ou small VC’s 
    - estimulo fiscal diferenciado para start-ups e angel investment.

Esta lista poderia nunca mais terminar, mas são sobretudo estes desafios que nos movem  e  estou certo que os associados da APBA continuarão de um modo generoso a procurar criar as condições para os superar.


Parabéns e obrigado a todos!



João Trigo da Roza

Presidente da Direcção da APBA